Quitosana ou quitosano

A Quitosana ou quitosano é um elemento encontrado na parte exterior do corpo dos animais artóprodes, especialmente crustáceos.

Na sua composição existem polissacarídeos (carboidratos) que quando entram em hidrólise (contato com água) se transformam em polímeros naturais.

A indústria farmacêutica transforma estes polímeros em medicamentos, conhecidos como “a base de quitosana”, e que são usados para procedimentos clínicos que necessitam cicatrização, entre outros.

Sendo que podem proteger o coração e outros órgãos do sistema cardiovascular, de doenças primárias comuns como: doença coronariana e isquemia.

No entanto, durante todo os processos de pesquisa sobre a Quitosana, também foi descoberto o potencial emagrecedor do suplemento.

Neste caso, agindo como um controlador da lípase, retardando sua ação no organismo (conhecido efeito esponja).

Leia também: Quitosana + psyllium

É muito provável que você já tenha ouvido relatos de pessoas que experimentaram o Quitosano, e afirmaram terem emagrecido consideravelmente.

Isso de fato é verdade.  Porém, nem sempre estas pessoas consomem o suplemento de forma correta, podendo colocar a saúde em risco.

O que é a Quitosana?

Como iniciamos este artigo, trata-se de um polissacarídeo que é extraída da parte externa dos crustáceos como, por exemplo, lagostas, caranguejos e camarões.

De maneira resumida, é um carboidrato com particularidades úteis para o corpo humano e também para o meio ambiente.

Tanto que ocupa o segundo lugar como composto orgânico essencial, ficando atrás somente da celulose.

Alguns exemplos de aplicação deste composto na pessoa são: para curar ferimentos, eliminação de proteínas (de dentro para fora) que causam alergias a certos alimentos e também como suplemento.

Para ser mais específico, a quitosana consegue agir como uma esponja, pois possui a função de absorver as gorduras do corpo que, posteriormente, são eliminadas nas evacuações.

Para que serve a Quitosana?

Com certeza sua informação sobre o Quitosano é que emagrece muito e com bons níveis de segurança. Contudo, é importante salientar que essa não é a única aplicação do carboidrato devido as propriedades apresentadas.

Por exemplo, a substância é bastante eficiente no tratamento de água mineral. Além disso, ela ainda é usada nos processos produtivos de certos cosméticos.

Mas a lista de uso do quitosana não para por aí visto que também é essencial para a fabricação de alguns biomateriais.

Outra consideração sobre para que serve o composto é de que ele também vem sendo utilizado como conservante natural.

Para que você consiga ter uma perspectiva melhor sobre a eficiência do carboidrato para essa finalidade, saiba que o tempo de conservação pode chegar a dobrar.

E, conforme destacado, a quitosana também desempenha função específica no nosso organismo quando consumida.

Ela consegue desenvolver uma espécie de gel que, por sua vez, tem a capacidade de absorver gorduras (lípases) para serem eliminadas nas fezes.

Leia: Detox slim

Quais os benefícios da Quitosana

Como suplemento natural o Quitosano pode contribuir para a perda de peso, com efeitos colaterais menos severos que outros inibidores ou bloqueadores apresentam.

Veja a lista de benefícios:

  • A quitosana apresenta certa capacidade de absorver metais pesados, caso você seja vítima de alguma intoxicação;
  • Auxilia a pele na recuperação de queimaduras. Inclusive, há pesquisas da Universidade de São Paulo que iniciaram experimentos com a membrana da quitosana para verificar a regeneração;
  • O carboidrato é capaz de ajudar no processo de emagrecimento rápido;
  • Contribui para eliminar o colesterol ruim (LDL) do organismo;
  • O consumo controlado também pode servir como tratamento para combater o descontrole da pressão arterial;
  • Ajuda a reduzir o apetite excessivo;
  • Auxilia para reduzir os riscos de câncer do cólon e de próstata.

Quais os efeitos colaterais da quitosana

Apesar de se tratar de um produto natural, entenda que não é qualquer pessoa com desejo de perder peso que pode utiliza-la.

É sempre importante deixar claro esse ponto visto que existe o risco de se ter alergia da substância e não saber.

Esses fatores agravam bastante a situação. Por isso, a orientação médica é necessária.

Grávidas e nutrizes, crianças e adolescentes, como com idosos não devem consumir este tipo de suplemento, salvo indicação médica.

Dentre os efeitos colaterais que merecem mais atenção, está a particularidade da quitosana de dificultar a absorção de certos nutrientes pelo organismo.

Como tomar Quitosana

Saiba que o ideal para a suplementação com esse carboidrato é fazer a ingestão um pouco antes de começar a fazer as principais refeições do dia.

Dessa forma, a cápsula conseguirá agir no seu organismo retendo as gordurinhas indesejadas.

Em relação a quantidade que deve ser consumida diariamente, saiba que 3 gramas são muito suficientes para notar os resultados.

Sempre se atente a esse valor, pois caso contrário você poderá sofrer com os indesejados efeitos colaterais.

Ao seguir essa dieta, o seu corpo pode chegar a queimar até 24 gramas por dia. Para que os resultados sejam ainda melhores, sempre procure conciliar atividades físicas com esse tipo de suplementação.

Além disso, se quiser melhor o rendimento do seu organismo para conquistar ainda mais rapidamente a condição desejada, saiba que é interessante:

  • Evitar o consumo de carboidratos simples (doces, bolos, massas, frituras, etc.);
  • Consumir muita água, no mínimo 2 litros para auxiliar o trânsito intestinal;
  • Praticar atividades físicas anaeróbicas e aeróbicas;
  • Comer com moderação.